O cuidado do Criador

Você já criou alguma coisa? Você já fez algo? Fabricou? Inventou?

Será que temos por aqui algum(a) cozinheiro(a), costureiro(a), artesão(ã)?

Será que temos por aqui algum pedreiro? Algum(a) arquiteto(a)? Algum designer? Ou algum(a) programador(a)?

Será que temos por aqui algum(a) pintor(a)? Algum(a) compositor(a)? Algum(a) escritor(a)?

Enfim, somente você que já trouxe algo à existência sabe a emoção que é, e o orgulho que sentimos em criar algo. Uma emoção maravilhosa!

E se você já “inventou” algo, você sabe o cuidado, o ciúme que sentimos por aquilo que criamos.

Imagine só você tirando aquela macarronada de-dar-água-na-boca do fogão, e aparece seu sobrinho trombando em você e a macarronada vai parar todinha no chão… Imagine…

Orgulho, ciúme, emoção, amor. Esses são apenas alguns dos sentimentos que o criador sente pela sua criação.

Quando nos colocamos no lugar de criadores, conseguimos sentir um pouco do que o Criador sente por nós, sua criação.

Desde pequenos aprendemos que somos criação de Deus, e que Ele é o nosso Criador, mas você já parou para pensar na profundidade disso? Isso significa que cada pequena qualidade que você tem, cada habilidade, cada talento… Foi tudo feito por Ele, detalhadamente, como um artesão que confecciona sua peça com todo o cuidado e carinho.

Mas, como acabamos de dizer, é horrível quando algo acontece e aquilo que você criou com tanto carinho sofre algum dano. E é assim que nós – criação de Deus – nos encontramos na presença dEle: manchados, avariados, quebrados, arranhados, com rachaduras. Tudo feito pelo estilo de vida pecaminoso que temos aqui nesta terra.

E da mesma maneira que fazemos o possível para restaurar e não perder aquilo que criamos, Deus fez o mesmo, enviou Jesus para nos restaurar. Sua Graça sarou todas as feridas produzidas pelo pecado.

Como diz em Jeremias 18:

Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel.
Jeremias 18:6

Somos como vasos nas mãos de Deus: se cairmos e quebrarmos, Ele tem todo o poder para começar do zero, e nos restaurar.

E é isso que Deus faz todos os dias na vida do Seu povo: restauração. Eu já vivi e vi restaurações da parte de Deus. Tenho certeza que você também. Bem, se você ainda não viveu, pode ter certeza que, quando você precisar (ou se você já estiver precisando), Ele vai te restaurar, porque assim os criadores fazem com suas criações: fazem de tudo para as verem perfeitas.

Tá vendo como é lindo esse relacionamento que temos com Deus, esse relacionamento Criador-criação? Se esse fosse o nosso único tipo de relacionamento com Deus, já seria lindo, não? Mas nosso relacionamento com Deus não se resume a apenas isso.

Mas, esse é um assunto para o próximo texto.

Fiquem na Paz de Deus!  🙂

Anúncios

2 comentários sobre “O cuidado do Criador

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s